Publicações

16/11/2017 TCE-RS e Conselho de Contabilidade promovem capacitação para profissionais da área contábil

Fonte: Site do TCE. Data de Publicação: 16/11/2017 11:12
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), por meio da Escola Superior de Gestão e Controle Francisco Juruena (ESGC), em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade (CRCRS), promoveu a 20ª edição do curso de capacitação sobre técnicas de contabilização na área pública, nessa terça-feira (14), no auditório Romildo Bolzan, em Porto Alegre, encerrando programação que já ocorreu em sete municípios no interior do Estado, ao longo do ano.
Na abertura do evento, a diretora da ESGC, Fernanda Nunes, destacou a relevância do termo de cooperação com o CRCRS, firmado em 2015, que busca a capacitação de contadores no setor público. “Nossos resultados são melhores quando trabalhamos em parceria e pulverizamos o conhecimento na busca de qualificação da contabilidade pública”, disse. O presidente do CRCRS, Antônio Carlos de Castro Palácios, também salientou a parceria e a necessidade da atualização constante do contador por meio dessas oportunidades.
O curso foi administrado pelo coordenador da Comissão de Estudos em Contabilidade Aplicada ao Setor Público do CRCRS, Cézar Volnei Mauss, que discorreu sobre o tema Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público na Prática (DCASP). Uma das recomendações feitas por Mauss trata da importância do registro com fidelidade de todas as informações contábeis do setor público: “A função do contador é registrar tudo e deixar todos os procedimentos evidentes nos relatórios contábeis, independentemente de eventuais erros de gestão pública”. O professor explicou que o contador não é responsabilizado por erros de gestão, mas sim por erros contábeis, os quais podem ser apontados por auditorias do TCE.
Dando sequência aos conteúdos do curso, Cézar Volnei Mauss tratou das classes do ativo mobilizado e da importância do balanço patrimonial, suas contas e saldos. “Quando o mapa (do contador) é criado de forma não didática, a informação pode ser interpretada incorretamente”, afirmou ao mostrar importância de cuidar dos detalhes quando se trata da área pública. Conceitos como amortização, depreciação, vida útil, entre outros, também foram abordados.
Ao final do curso, Cézar destacou que as informações sobre a gestão pública devem ser consultadas nos meios disponíveis, citando como exemplo o manual do Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas (SIAPC). “O contador tem força para ir ao gestor quando tem essas informações”, reforçou ao elogiar o trabalho realizado pelo Tribunal de Contas nos apontamentos feitos para 2017.

Foto Noticia